Páginas


"Ultrapassa-te a ti mesmo a cada dia, a cada instante. Não por vaidade, mas para corresponderes à obrigação sagrada de contribuir sempre mais e sempre melhor, para a construção do Mundo. Mais importante que escutar as palavras é adivinhar as angústias, sondar o mistério, escutar o silêncio. Feliz de quem entende que é preciso mudar muito para ser sempre o mesmo".

Dom Helder Câmara


quarta-feira, 30 de agosto de 2017

SEM PESADELOS - XICO BIZERRA


Quantas mentiras se escondem no poço das vaidades! Quantas hipocrisias se entrelaçam quando o egoísmo é rei! Quantas inverdades são jogadas no ar, ainda que com a certeza da pequenez de suas pernas! Quantas trinta moedas são necessárias para mentir envolvendo quem já se foi, sem chance de defesa! Quantos auto-enganos permeiam essas vidas cheias de dissimulações e falsidades. Quantos sorrisos, beijos e abraços fingidos e enganosos! Será que eles dormem tranquilamente, sem pesadelos e assombrações? Serão verdadeiros seus sonos?  Têm eles a noção de consciência que os homens de bem conservam e protegem para que possam tranqüilos dormir? Ou seus egos, de tão grandes, se contentam e se alegram em se inflar com tais virtudes, mesmo sabendo-as de mentira, mesmo sendo estas invenções fruto apenas de sua própria insignificância e pequenez moral?

A estes não entrego as chaves da minha casa, nem coloco coroa em suas cabeças. Prefiro saudar os verdadeiros que moram distante do que não presta, que habitam mundos cada vez mais desabitados.

Um comentário:

  1. Prezado Xico.

    Parabens pelo texto.

    Grande abraço.


    "Orgulho ou soberba é o desejo de atrair a admiração das outras pessoas.

    Uma pessoa vaidosa cria uma imagem pessoal para transmitir aos outros, com o objetivo de ser admirada.

    Mostra com extravagância seus pontos positivos e esconde seus pontos negativos".

    ResponderExcluir